Vilão dos Bebês: O Andador


A campanha pelo banimento do andador infantil, promovida pela Sociedade Brasileira de Pediatria - SBP, visa proteger as crianças dos riscos aos quais ficam expostas ao usarem esse aparelho que não traz nenhum benefício, e que, comprovadamente, ameaça sua integridade física e até mesmo sua vida. A Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados do Congresso Nacional está prestes a apreciar o Projeto de Lei 4926/2013, que, em sintonia com a posição oficial da Sociedade Brasileira de Pediatria, determina que fique expressamente proibida a fabricação, venda e utilização de andadores infantis em todo o território nacional. Em 09/12/2017, Decisão de juíza do Rio Grande do Sul, atende ação da Sociedade Brasileira de Pediatria, proibindo em todo o país a sua comercialização, mas ainda cabe recurso. Segundo as melhores evidências científicas, o andador é um equipamento que só traz prejuízos, seja pela sua absoluta inutilidade no processo de aquisição da marcha, mas sobretudo pelos grandes riscos à segurança que incluem não só os riscos de traumatismos cranianos , potencialmente letais, mas também de queimaduras, intoxicações e até afogamentos por expor a criança a lugares que seu desenvolvimento para idade não permitiria ter acesso sem o andador.

Portanto, temos que divulgar muito essas informações pois ainda cabe recurso e esse vilão está em cada loja do Brasil, trazendo prejuízo aos nosso bebês.

#andador #acidentesinfantis

Posts Em Destaque
Posts Recentes