Regurgitação X Refluxo Gastroesofágico


Hoje saiu uma atualização na página da Sociedade Brasileira de Pediatria que é grande preocupação entres as mães de recém nascido e de lactentes até 1 ano, a Regurgitação do lactente e Doença do Refluxo Gatroesofágico (DRGE). Então vamos lá :

No lactente, é muito frequente, o Refluxo fisiológico acompanhar-se de regurgitações ou “golfadas” que não se associam a redução no ganho de peso ou outras manifestações clínicas.Trata-se de um distúrbio funcional gastrintestinal transitório e dependente da imaturidade funcional do aparelho digestivo no primeiro ano de vida. Estas regurgitações aumentam em número e volume entre dois e quatro meses e, posteriormente, diminuem progressivamente com o aumento de idade. A DRGE por outro lado, ocasiona, nos lactentes, outras manifestações além das regurgitações, como vômitos intensos, dificuldades durante as mamadas, déficit de ganho de peso, choro, irritabilidade e alteração na posição cervical ( arqueamento do pescoço para trás). A suspeição diagnóstica deve ser fundamentalmente clínica, mediante história de sintomas típicos de DRGE, sem exames laboratoriais para confirmação diagnóstica, para os casos que não apresentem sinais agravantes. Portanto, ao surgimento desse sintomas, sempre consulte o seu Pediatra.


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Grey Facebook Ícone
  • Grey Instagram Ícone